Publicado em Arduino, GNU/LInux, Hardware, Tecnologia, Ubuntu

Como Instalar o IDE Arduino

Esses dias recebi uma consulta sobre como instalar o IDE Arduino no Ubuntu Linux. Aproveito então para deixar esse mini tutorial que pode ser útil para mais alguém. O procedimento, também deveria funcionar nas distros derivadas do Ubuntu (Mint, Elementary, Deepin, etc).

A instalação é muito simples, vamos pro link de download do site oficial e procuramos a última versão. Precisaremos escolher entre 32-bit e 64-bit, segundo a arquitetura do nosso processador. O site também solicitará uma contribuição voluntária para ajudar a manter o projeto. Podemos optar por contribuir ou simplesmente fazer o download e contribuir em uma outra ocasião ou de uma outra forma que não for em dinheiro. Continuar lendo “Como Instalar o IDE Arduino”

Anúncios
Publicado em Arduino, Hardware, Open Source, Tecnologia

Arduino: Conhecendo o Microcontrolador

O Arduino é uma plataforma de prototipagem para o que foi chamado de sistemas embarcados. Nada a ver com a Veneza nem a Marinha. Sistemas embarcados, ou embebidos, ou embutidos (nada a ver com a mortadela), são sistemas de processamento para fins específicos, tipo, sistemas de monitoramento industrial, automação residencial, ou veículos de condução autônoma, por exemplo. Diferenciam-se de outros sistemas de processamento de uso geral, como o PC, em que estes últimos são concebidos com a suficiente flexibilidade e potência como para realizar tarefas não predefinidas, adaptando-se ao uso que o usuário quiser dar para eles.

O coração da plaquinha Arduino UNO é um ATmega328 da Atmel. Ele é um microcontrolador. Microcontroladores são pequenos chips (circuitos integrados) que integram CPU, memória volátil e não volátil, e portas programáveis de entrada e saída, I/O, as quais leem informação de sensores ou interfaces seriais, e podem interatuar com os atuadores (motores, luzes, relés, telas LCD, leds, etc). Continuar lendo “Arduino: Conhecendo o Microcontrolador”

Publicado em Arduino, Tecnologia

Visualino: Programação gráfica para Arduino

Eu tinha uns 11 ou 12 anos (os dinossauros já tinham sido extintos e Dom João VI já tinha voltado pra Lisboa) quando na minha Santa Fe natal chegou uma das primeiras IBM PC. Provavelmente era uma daquelas com inesgotáveis 16KB de memória, velosíssimo processador Intel 8088, incrível tela de 720 x 350 pixels modo texto, ultramoderna impressora matricial, e claro, sem HD, que era caríssimo. Tudo, sistema operacional (DOS), dados e aplicativos, precisavam ser armazenados em floppy disks (disquetes) de 5.25 polegadas. Quem havia comprado essa máquina superpoderosa pro seu escritório contábil era amigo do meu pai, mas ninguém sabia muito bem o que fazer com ela. Meu pai, autodidata de profissão, pegou o manual e ficou meses tentando fazer alguma coisa útil com ela. Não me lembro em que deu finalmente a aventura, mas o que lembro sim são pilhas enormes de folhas em formulário contínuo onde ele ia imprimindo o código para debugar depois com lápis e borracha. Continuar lendo “Visualino: Programação gráfica para Arduino”