Publicado em GNU/LInux, Tecnologia, Terminal

Linux: Comandos básicos no Terminal

Sistemas Operacionais modernos, a diferença dos primeiros a serem concebidos, contam com interfaces gráficas (GUI) intuitivas, atrativas e funcionais. No Linux, as opções abundam: Unity, Gnome, KDE, Xfce, Cinnamon, Mate, LXDE, OpenBox, e muitas, muitas mais. Elas variam não apenas esteticamente e na distribuição das barras, menus e ícones no escritório; mas também na configurabilidade e exigência de recursos gráficos do hardware. Mas, todo Sistema Operacional, seja antigo ou top de linha, conta com uma outra interface, em modo texto, fazendo uso das potencialidades da linha de comandos (CLI).

Interfaces são meios e não fins. E os fins é que justificam os meios, não é? Então, quem poderia preferir usar essa telinha preta sem graça podendo usar uma interface gráfica moderna como o Gnome 3, Unity, o OS X, ou Windows 10? Bom, há contextos nos quais uma interface gráfica atrapalha mais do que ajuda: servidores de Internet, sistemas embarcados, por exemplo. Adicionar uma camada a mais pro sistema significa maior consumo de recursos, maiores riscos de segurança e de instabilidade. Inclusive quando usarmos GUIs, as vezes tem tarefas que a linha de comandos consegui realizar de forma mais rápida e eficiente: gestão de arquivos, instalação e atualização de pacotes de software, automatização de tarefas, etc.

Alguns comandos simples

Abra o terminal da sua distribuição Linux, ou o PowerShell do Windows, e tente esses comandos. Com um pouco de prática, você vai conseguir acelerar algumas ações frequentes. Lembra que o cifrão $ representa o prompt, e ele não deve ser digitado junto com o comando. O texto em itálico, é a saída do terminal, ele também não deve ser digitado.

pwd

Present working directory

Imprime na tela o path (a rota, o caminho) absoluto, a posição exata em que nós estamos no filesystem (o sistema de arquivos). Exemplo:

$ pwd
/home/alejandro/Documents/ETEC

ls

list

Imprime na tela o conteúdo do atual diretório:

$ ls
file1.txt
file2.txt
musicas.mp3
doc.odt

cd

change directory

Muda o diretório atual:

$ pwd
/home/alejandro/Documents/ETEC
$ cd /home/alejandro
$ pwd
/home/alejandro

mkdir

make directory

Cria um novo diretório dentro do atual:

$ ls
Documentos     Musicas     Imagens
$ mkdir Livros
$ ls
Documentos     Musicas     Imagens     Livros

cat

concat

Concatena os arquivos passados como argumentos, imprime na tela o conteúdo ou redireciona para um outro arquivo:

$ ls
file1.txt    file2.txt
$ cat file1.txt
Esse texto é o conteúdo do arquivo file1.txt
$ cat file1.txt file2.txt
Esse texto é o conteúdo do arquivo file1.txt
Esse texto é o conteúdo do arquivo file2.txt
$ cat file1.txt file2.txt > file3.txt
$ ls
file1.txt    file2.txt file3.txt
$ cat file3.txt
Esse texto é o conteúdo do arquivo file1.txt
Esse texto é o conteúdo do arquivo file2.txt

touch

Cria um arquivo vazio:

$ ls
file1.txt    file2.txt    file3.txt
$ touch file4.txt
$ ls
file1.txt    file2.txt    file3.txt     file4.txt

echo

Adiciona texto no conteúdo do arquivo:

$ cat file1.txt
Esse texto é o conteúdo do arquivo file1.txt
$ echo "mais conteúdo no file1.txt" >> file1.txt
$ cat file1.txt
Esse texto é o conteúdo do arquivo file1.txt
mais conteúdo no file1.txt

mv

move

Movimenta o arquivo para um outro diretório:

$ mv file1.txt /home/alejandro/Downloads

cp

copy

Copia o arquivo:

$ cp file2.txt /home/alejandro/projetoX

rm

remove

Deleta o arquivo (Tome cuidado!!!):

$ rm file3.txt

Deleta o diretório e todo o seu conteúdo (Tome ainda mais cuidado!!!):

$ rm -rf myDir

help

Para conhecer melhor, ou se lembrar, a sintaxe e opções de cada comando:

$ <comando> --help

Essa postagem faz parte da série: Linux para Lagartos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.